Exportar registro bibliográfico

Os mecanismos neuroimunes dos fármacos antipsicóticos: uma abordagem de medicina de redes para o reposicionamento de medicamentos no tratamento da esquizofrenia (2023)

  • Authors:
  • USP affiliated author: PINHEIRO, ZAIRA MARIA DE SOUSA - FCF
  • School: FCF
  • Subjects: REPOSICIONAMENTO DE FÁRMACOS; ANTIPSICÓTICOS; ESQUIZOFRENIA
  • Keywords: Medicina de rede
  • Language: Português
  • Abstract: INTRODUÇÃO: A esquizofrenia envolve comprometimento cognitivo e processos imunológicos e inflamatórios. Anti-inflamatórios e certos antipsicóticos mostram benefícios no tratamento. Abordagens de rede podem acelerar a descoberta de novos fármacos. O estudo dos mecanismos neuroimunes é crucial para avançar no tratamento da esquizofrenia. OBJETIVO: Instigar os mecanismos neuroimunes dos medicamentos antipsicóticos utilizando uma abordagem de medicina de redes computacionais, bem como, uma busca por medicamentos ainda não utilizados para tratar a esquizofrenia que possam ter mecanismos neuroimunes similares àqueles encontrados para os antipsicóticos com melhor eficiência. MATERIAL E MÉTODOS: Para o desenvolvimento do projeto buscamos os genes relacionados à esquizofrenia e aos principais medicamentos antipsicóticos em bancos de dados públicos. Com a obtenção de uma rede de interação proteína-proteína foi possível analisar a relação entre genes alvos de antipsicóticos e genes associados à esquizofrenia a partir da construção de suas redes. RESULTADOS: A análise de Enriquecimento Genético Funcional revelou que a via de sinalização endocanabinóide retrógrada, envolvida na regulação da neurotransmissão e no controle da plasticidade sináptica, foi enriquecida com genes associados à esquizofrenia. Além disso, a via de sinalização dopaminérgica e as vias serotoninérgica e glutamatérgica também apresentaram associações com a esquizofrenia. A via de sinalização do fator de necrose tumoral (TNF) e a via de regulação do mediador inflamatório dos canais TRP foram destacadas, assim como a via de secreção salivar, que está relacionada aos efeitos adversos dos antipsicóticos. A análise da rede de fármacos antipsicóticos revelou informações que evidenciam a importância dessasmetodologias na busca de combinações de terapias eficazes no tratamento de distúrbios psicóticos. Já a construção da rede de fármacos antipsicóticos mostrou alvos próximos à esquizofrenia. A construção da rede de alvos da esquizofrenia revelou uma região com genes relacionados à função mitocondrial e à cadeia de transporte de elétrons, indicando sua relevância na doença. O Elamipretide, um peptídeo com propriedades mitoprotetoras e antioxidantes, pode ser explorado como uma possível terapia para melhorar a função mitocondrial e reduzir o estresse oxidativo na esquizofrenia, embora mais pesquisas sejam necessárias para confirmar seu potencial terapêutico.CONCLUSÃO: Os resultados aqui apresentados indicam a importância das vias de sinalização endocanabinóide, dopaminérgica, serotoninérgica e glutamatérgica no desenvolvimento da esquizofrenia. A análise de redes de fármacos é uma ferramenta que pode ser útil na busca de combinações de terapias eficazes no tratamento de distúrbios psicóticos.. A função mitocondrial e o uso do Elamipretide mostram potencial terapêutico, mas mais pesquisas são necessárias
  • Imprenta:

  • Download do texto completo

    Tipo Nome Link
    Versão Publicada TCC_Zaira Maria de Sousa ... Direct link
    How to cite
    A citação é gerada automaticamente e pode não estar totalmente de acordo com as normas

    • ABNT

      PINHEIRO, Zaira Maria de Sousa. Os mecanismos neuroimunes dos fármacos antipsicóticos: uma abordagem de medicina de redes para o reposicionamento de medicamentos no tratamento da esquizofrenia. 2023. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2023. Disponível em: https://bdta.abcd.usp.br/directbitstream/923cd62b-b4c3-4e13-9c78-bd8fa6626874/TCC_Zaira%20Maria%20de%20Sousa%20Pinheiro.pdf. Acesso em: 27 maio 2024.
    • APA

      Pinheiro, Z. M. de S. (2023). Os mecanismos neuroimunes dos fármacos antipsicóticos: uma abordagem de medicina de redes para o reposicionamento de medicamentos no tratamento da esquizofrenia (Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação). Faculdade de Ciências Farmacêuticas, Universidade de São Paulo, São Paulo. Recuperado de https://bdta.abcd.usp.br/directbitstream/923cd62b-b4c3-4e13-9c78-bd8fa6626874/TCC_Zaira%20Maria%20de%20Sousa%20Pinheiro.pdf
    • NLM

      Pinheiro ZM de S. Os mecanismos neuroimunes dos fármacos antipsicóticos: uma abordagem de medicina de redes para o reposicionamento de medicamentos no tratamento da esquizofrenia [Internet]. 2023 ;[citado 2024 maio 27 ] Available from: https://bdta.abcd.usp.br/directbitstream/923cd62b-b4c3-4e13-9c78-bd8fa6626874/TCC_Zaira%20Maria%20de%20Sousa%20Pinheiro.pdf
    • Vancouver

      Pinheiro ZM de S. Os mecanismos neuroimunes dos fármacos antipsicóticos: uma abordagem de medicina de redes para o reposicionamento de medicamentos no tratamento da esquizofrenia [Internet]. 2023 ;[citado 2024 maio 27 ] Available from: https://bdta.abcd.usp.br/directbitstream/923cd62b-b4c3-4e13-9c78-bd8fa6626874/TCC_Zaira%20Maria%20de%20Sousa%20Pinheiro.pdf

    Últimas obras dos mesmos autores vinculados com a USP cadastradas na BDPI:

    Digital Library of Academic Works of Universidade de São Paulo     2012 - 2024